Para Refletir

A Verdadeira Religião

Henry Newman, presbítero anglicano convertido ao catolicismo e uma das mais destacadas figuras da cultura na Inglaterra do século XIX, deixa-nos, no seu Romance Calista, a escultora grega, uma interessante definição de religião. Insatisfeita com a religião grega, a catecúmena Calista recebe, pelo testemunho dos que lhe são próximos, a fé cristã que «consistia na intimidade da presença divina no coração».

A cultura europeia matou Deus… e agora?

Há muito tempo que várias vozes vêm falando da questão da islamização da Europa. Até há pouco, parecia um tema algo anacrónico. Hoje, é um facto e começa a ter contornos que muitos julgavam inimagináveis.

Não nos referimos sequer aos atentados terroristas que vão crescendo de tom e vão lançando o pânico num cada vez maior número de países. São atentados irracionais, cobardes e que tocam níveis de indignidade humana nunca antes experimentados. O terrorismo é sempre inqualificável e a Europa tem uma triste história neste capítulo com várias alíneas.

Humano demasiado humano

Humano demasiado humanoSó exteriormente a violência terrorista pode ser definida desumana. No sentido que, observando bem, todas as ideologias totalitárias — primeiro o comunismo bolchevique e o nacional-socialismo, hoje fenómenos como o jihadismo — com efeito, escondem uma inclinação humana, até demasiado humana, para a dominação do outro e do terror para finalidades próprias.

Páginas